top of page

Por que Maio é o mês das Noivas? A história que passa gerações

Atualizado: 26 de jun. de 2021

Não é de hoje que sempre vimos em vários locais sobre o mês da noivas, mas como e quando ele surgiu?



São várias versões que foram passadas durantes gerações, que tornam Maio o mês mais disputado pelas noivas pelo mundo todo.

Nenhuma das informações são oficialmente comprovadas, então separamos algumas que são as mais populares.


No começo da idade média

A primeira história começou no tempo da idade média, no Hemisfério Norte, onde a população passava por rigorosos invernos ao longo do ano. Então, por causa do frio, as pessoas preferiam tomar banho na primavera e no verão.

Sendo assim, o primeiro banho do ano geralmente se dava no mês de maio, e os noivos para estarem apresentáveis na hora do casamento, escolhiam essa época do ano para casar.

Portanto, era bem mais provável que todos estivessem mais cheirosos, além de ser o período em que as flores apareciam, ou seja, eles tinham oportunidade de produzir óleos e de usá-los para melhorar o odor.

Por falar nisso, a principal função do buquê não era enfeitar e nem servir como amuleto da sorte, como é visto hoje. Na verdade, a função do buquê era sim perfumar a noiva e disfarçar o mau cheiro.


Além de ser o momento do ano, no qual todos poderiam sair de casa e fazer um casamento ao ar livre, sem ter preocupação com a mudança climática repentina que poderia haver nos outros períodos.

Em países como a Inglaterra, junho é considerado o mês ideal – trata-se de uma tradição da Antiguidade, quando os romanos homenageavam Juno, deusa das mulheres e dos casamentos. Na América do Norte, os americanos preferem dizer “sim” em fevereiro, considerado o mês nacional dos casamentos. Por lá, vale tudo para celebrar a união perto do Dia dos Namorados, o Valentine's Day, que naquele país é comemorado em 14 de fevereiro e não em 12 de junho, como no Brasil.


Homenagem ao dia das Mães na igreja católica

Maio é o mês que homenageia Maria, a mãe de Jesus Cristo. Por isso, esse é o mês marcado pelo dia das mães.


Como o matrimônio está ligado com a pureza do casal e com o começo de uma nova família, esse mês tem o objetivo de representar a fertilidade da mulher para ser mãe e, assim, a criar laços familiares maiores.


“Naquela parte do mundo, a chegada de maio é celebrada com muitas flores, em homenagem à natureza que refloresce e à primavera que por lá atinge a plenitude. Ao longo dos séculos, esses elementos foram sendo associados à celebração do amor no casamento. Essa mesma ligação com as flores e a feminilidade fez com que maio, além de mês das noivas, também fosse considerado o mês das mães e de Maria”, diz o padre e teólogo Pedro Iwashita, do Instituto Teológico de São Paulo.


Casamentos atualmente

Como falamos, os casamentos no Hemisfério Norte nesse período é Primavera, para nós é o Outono, quando começa as chuvas e a ficar frio.

Muitos casamentos ao longo dos anos foram feitos em salões no Brasil, nos anos 80 e 90, mas a partir do final dos anos 90 para 2000 as noivas começaram a aderir alguns casamentos gringos em locais mais bonitos e diferentes.



Um estudo da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados ( SEADE), em São Paulo, mostrou que os paulistas preferem casar em dezembro, mês que concentrou 14,5% dos matrimônios em 2002. Em entrevistas, foram afirmados que as férias de final de ano e o 13º salário foram decisivos na hora de escolher a data. Atualmente mesmo na Europa, o mês de maio não é o consenso na hora de unir maridos e mulheres, com a chegada no Elopement Wedding, realizado em qualquer época do ano e em qualquer lugar do mundo.


E você sempre ouviu qual história sobre o mês das noivas? Você sempre pensou nesse mês? Conte para nós!



Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas mídias sociais!

Siga nossas páginas no Facebook, Instagram e Pinterest

-



63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page