top of page

Diferentes cerimônias de casamento e seus significados!

Atualizado: 26 de jun. de 2021




As cerimônias de casamento possuem uma longa história que já acontecia bem antes de Cristo, o primeiro casamento humano foi o de Adão e Eva. Desde então várias culturas foram surgindo, assim como a religião, em cada religião a forma de ser realizada a cerimônia é diferente.


Na antiguidade as festas de casamento especialmente realizadas pelos nobres, que promoviam grande festas com banquetes e dança. Também eram realizados casamentos para todos, mas as grandes festas eram para os nobres.

Com o passar dos tempos várias coisas mudaram, assim como o nascimento de outras religiões e culturas pelo mundo inteiro


A cerimônia é onde o casal faz seus votos e o ritual, dizendo "sim" aceitando um ao outro como legítima esposa e marido, provando assim o amor diante a todos convidados, padrinhos e madrinhas. Quando a cerimônia tem um ritual trás mais beleza e significado ao casamento.


Vamos listar alguns rituais para você escolher para o seu casamento:



Ritual da árvore


No ritual da árvore, os noivos devem plantar uma árvore, que representa: cultivo do amor, prosperidade e fertilidade. O casal tomará conta da planta e vê-la crescer no quintal de casa . “A terra e a água podem ser trazidas por representantes das duas famílias, simbolizando a ancestralidade dos noivos; as sementes de amor-perfeito podem vir ao altar juntamente com as alianças, simbolizando a nova família que nasce”, sugere o celebrante Cláudio Tôledo.


Cerimônia das areias


Um ritual ideal para noivos com religiões diferentes. Cada um derrama em um único vidro, areais de cores diferentes, para representar a singularidade do casal e a indissolubilidade do casamento. O desenho que vai se formando, é de forma única e praticamente impossível separar os grãos de areia novamente. No final da cerimônia, os noivos podem levar o vaso de areais coloridas para decorar e fazer parte da casa.


Cerimônia judaica da quebra taças


Nessa cerimônia os noivos bebem vinho em uma mesma taça de cristal. O vinho é símbolo de alegria na tradição judaica, no final da cerimônia, o noivo pisa na taça para quebra-la ( envolva a taça em um guardanapo de linho ou lenço antes de ser quebrado no chão) e todos convidados gritam "Mazal Tov" ( significa "boa sorte").

Os significados da quebra da taça podem ser diversos: recordação da destruição do antigo Templo de Jerusalém, equilíbrio entre os momentos felizes e tristes que serão enfrentados pelo casal, ninguém mais beber daquela taça nem desfrutar do amor dos noivos.


Cerimônia dos balões


Cada convidado recebe um balão com gás hélio, o celebrante pede para cada um dos presentes mentalizem um desejo para os noivos e então os balões podem ser soltos, subindo aos céus os balões com as intensões para o casal durante a cerimônia de casamento.


Rito San-san-kudo ( três-nove)


Esse ritual é da tradição oriental onde o número 3 significa boa sorte e o número 9 simboliza a aspiração à máxima boa sorte. Durante a cerimônia é preparado um sachê e servido ao casal em 3 yunomi ( xícara de chá japonês), os noivos seguram as yunomi com as duas mãos e cada yunomi será compartilhado 3 vezes, sendo três xícaras e nove goles cada um, e cada gole tem um significado.

  1. Símbolo é o pinheiro, que permanece sempre verde em todas estações. Juventude e a força para a vida do casal.

  2. Símbolo é o bambu, que é flexível, ele se dobra mas não quebra. É o desejo de que os caminhos do casal não se rompam e que os dois saibam ser flexíveis.

  3. Símbolo é a flor de ameixeira, porque é a primeira flor a desabrochar e abre mesmo quando ainda há neve. Representa a beleza e a coragem.

Cerimônia do Darumá-san


O Durumá-san é um famoso talismã japonês, representa um sábio hindu chamado Bodhidharma, que segundo a lenda, atingiu o estado de iluminação após meditar profundamente por nove anos. Para realizar seu objetivo e não adormecer, que era ver com a mente em vez dos olhos, o monge cortou suas pálpebras. O boneco é símbolo da perseverança e determinação no Japão.

Ele vem com olhos em branco para que a pessoa pinte uma pupila no momento do pedido.

Quando o desejo for realizado, a outra pupila é desenhada.

O Durumá é um lembrete para que se batalhe pelos seus objetivos com disciplina, coragem, dedicação e paciência.


Rito das velas


Esse ritual representa a união de duas famílias e a criação de uma nova. Ele tem a participação dos pais do noivo, onde acendem uma vela, enquanto os pais da noiva fazem o mesmo. Então, os noivos seguram essas velas e acendem uma terceira em sinal da nova família que está sendo construída naquele momento e da unidade dos noivos.


Ritual da lavagens dos pés


O ritual da lavagens dos pés é uma cerimônia de casamento repleta de amor, com inspiração na vida de Jesus, os noivos lavam os pés um do outro em sinal de respeito, humildade, carinho, serviço e amor ao próximo.



Qual dessas cerimônias você mais se identificou com vocês?


Comente no nosso post !

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas mídias sociais!

Siga nossas páginas no Facebook, Instagram e Pinterest

-




Imagens Pinterest e Google

97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page